Telessaúde e Cedeba promovem a webpalestra “Doença hepática gordurosa metabólica: uma proposta de linha de cuidado para o SUS”.

O Telessaúde Bahia, em parceria com o Centro de Referência Estadual para Assistência ao Diabetes e Endocrinologia (Cedeba), por meio da Coordenação de Educação em Diabetes e Apoio à Rede (Codar),  promoverá no dia 28 de abril, às 15h, a webpalestra “Doença hepática gordurosa metabólica: uma proposta de linha de cuidado para o SUS”, tendo como palestrante o hepatologista Paulo Lisboa Bittencourt, membro titular das Sociedades Brasileiras de Hepatologia, professor da Escola Baiana de Medicina e doutor em Gastroenterologia Clínica pela USP.

A Esteatose hepática não alcoólica (EHNA) – a gordura no fígado, de acordo com Paulo Lisboa Bittencourt, é um problema de saúde que acontece quando as células do fígado são infiltradas por células de gordura; quando este índice chega a 5% ou mais o quadro deve ser tratado o mais brevemente possível. Se não tratada corretamente, pode provocar, a médio e longo prazo, inflamação (esteatohepatite) capaz de evoluir para quadros mais graves de hepatite gordurosa, cirrose hepática e até câncer no fígado. Nesses casos – destacou – o fígado não só aumenta de tamanho, como também adquire um aspecto amarelado. O transplante hepático muitas vezes, pode ser a única indicação para situações mais críticas.

A Sociedade Brasileira de Hepatologia propôs ao Ministério da Saúde em 2018 uma linha de cuidado de cirrose e câncer de fígado, que engloba as principais intervenções necessárias para o rastreamento, diagnóstico precoce e intervenções para o enfrentamento da gordura no fígado desde a atenção básica até a alta complexidade na atenção especializada. “Nosso objetivo é alertar a população e profissionais de saúde sobre o problema de saúde pública que é a gordura no fígado e capacitar os profissionais de saúde e por que não a população para seu rastreamento e diagnóstico precoce”, reforçou o hepatologista.

Voltada para equipes multiprofissionais, demais profissionais de saúde da Atenção Básica e demais níveis de Atenção à Saúde, a atividade on line terá inscrição pelo site http://telessaude.saude.ba.gov.br/, a web terá transmissão pelo canal do Youtube do Telessaúde e pelo Zoom.

A tele-educação, oferta do Telessaúde Bahia realiza atividades educacionais à distância, por meio de plataformas digitais, para apoiar a qualificação de trabalhadores do Sistema Único de Saúde (SUS), de acordo com a Política Nacional de Educação Permanente em Saúde. São atividades de tele-educação: webpalestras; sessão clínica/discussão de caso clínico; roda/reunião de matriciamento; webinário; plantão tira-dúvidas; vídeoaulas; cursos; módulos educacionais; e, tutoriais.

 

Fonte: Ascom do Cedeba / Sesab (http://www.saude.ba.gov.br/2022/04/14/cedeba-promove-webpalestra-sobre-esteatose-para-a-atencao-primaria-de-saude/)

COMPARTILHE
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp